VISÕES SIAMESAS

APRESENTAÇÃO

 

Resultado de pesquisa sobre a obra de Machado de Assis, o espetáculo Visões Siamesas é livremente inspirado no conto "As Academias de Sião". A encenação é uma fábula irônica, de ares orientais, sobre uma mulher que sonha com a presença salvadora do Rei do Sião ao mesmo tempo em que vê sua existência se desagregar. 

O tema das "ideologias compensatórias" está na base desse espetáculo em que o grupo também faz uso de formas tradicionais do teatro cômico oriental.

Visões Siamesas conta com a participação do músico Martin Eikmeier e oito atores da Companhia do Latão. Seu projeto foi contemplado pelo Programa de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo como parte de um conjunto de atividades intituladas Brigadas de Teatro Dialético. A montagem tem apoio do Instituto Goethe de S. Paulo e do Sesc Consolação.

 

FICHA TÉCNICA

Texto
Sérgio de Carvalho, Márcio Marciano e Helena Albergaria

Colaboradores
Ney Piacentini, Marina Henrique, Émerson Rossini, Fernando Paz, Alessandra Fernandez, Izabel Lima, Heitor Goldflus e Victória Camargo

            Visões siamesas estreou no Teatro Sesc Anchieta, São Paulo, em 21 de outubro de 2004, pela Companhia do Latão, com direção de Sérgio de Carvalho e Márcio Marciano, direção musical de Martin Eikmeier e co-direção musical de Walter Garcia, cenografia e figurinos de Fábio Namatame, iluminação de Domingos Quintiliano, produção de Ney Piacentini, assistência de pesquisa Rogério Marciano, sendo os papéis desempenhados pelos seguintes atores: Émerson Rossini, Fernando Paz, Heitor Goldflus, Helena Albergaria, Izabel Lima, Marina Henrique (depois Alessandra Fernandez), Ney Piacentini e Victória Camargo.

 

 

ALBATROZSTUDIO.COM